sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Lei Municipal de Bombeiro Civil é Aprovada em Santa Maria.

Prefeito Jorge Pozzobom sanciona lei que disciplina serviço de bombeiros civis em Santa Maria.
Legislação prevê atuação dos profissionais em estabelecimentos ou eventos com grande concentração de pessoas.
Na tarde desta quinta-feira (11), o prefeito Jorge Pozzobom sancionou a Lei Municipal 8.528/2017, que disciplina em Santa Maria o serviço de Bombeiro Civil para atuação em estabelecimentos ou eventos de grande concentração de pessoas. O documento foi assinado na presença do autor do projeto, vereador Adelar Vargas (MDB), de representantes do Corpo de Bombeiros, de socorristas de equipes de resgate, de técnicos em Segurança do Trabalho e de empresas ligadas ao setor de segurança privada.
No Ato Estiveram Presentes os Diretores da Empresa Treinatec Srºs Alex Lecina e Alessandro Entidade filiada a Federação  Brasileira de Bombeiros Civis.
A Lei Municipal 8.528/2017 determina como obrigatória a contratação de brigada profissional, composta por bombeiros civis, para atuação em shoppings centers, hipermercados, hotéis, templos religiosos, campi universitários, casas de show e/ou espetáculos, além de estabelecimentos que promovam reuniões públicas educacionais ou eventos em áreas públicas ou privadas que recebam grande concentração de pessoas, em número acima de mil ou com circulação média de 1500 pessoas por dia. Ainda, em edificações ou plantas cuja ocupação ou uso exijam a presença de bombeiro civil, conforme norma expedida pelo Corpo de Bombeiros Militar.
"Eu fiz questão de sancionar esta lei, de extrema importância, aqui na presença de vocês porque estamos valorizando as ações do Poder Legislativo. Por isso, para nós é importante fazer este ato aqui, diante do vereador proponente, porque tenho certeza que esse documento vai trazer mais segurança para a nossa população", afirmou o chefe do Executivo.
Na justificativa do projeto de lei, o vereador Adelar Vargas (Bolinha) justificou que reconhece o serviço indispensável realizado pelos bombeiros militares, mas sabe que eles, muitas vezes, são insuficientes para atender uma cidade. Nesse sentido, a proposição apresentada e aprovada na Câmara de Vereadores pretende disciplinar a atuação de bombeiros civis como uma alternativa na prestação de serviços, tanto na prevenção de incêndios, quanto em acidentes e desastres, atuando com técnicas inovadoras de prevenção, combate e extinção de incêndios, busca e salvamento, emergências médicas e atendimento a emergências e produtos perigosos.
"É uma lei muito importante porque vai valorizar profissionalmente os bombeiros civis em vários segmentos da sociedade. Agradecemos a aprovação do Poder Legislativo e agradecemos que todas as leis criadas para somar na segurança da população são bem vindas", concluiu o parlamentar.