domingo, 8 de abril de 2018

A Falta de Participação e Iniciativa Aliada, a Busca de Méritos Indevidamente Conquistados.

Nota: Méritos sem Participação
Os méritos sem a devida participação retiram de alguns bombeiros civis sua parcela de participação e luta durante um ano inteiro desde a apresentação do ante projeto de lei municipal que estabeleceu a presença de bombeiros civis no âmbito de Porto Alegre.
O escopo do projeto que foi apresentado pela Febrabom Núcleo Rio Grande do Sul juntamente, com a frente parlamentar em Defesa da Profissão Bombeiro Civil no ano de 2017 foi protocolado e defendido, pelo competentíssimo Vereador Cássio Trogildo que decidiu por iniciativa abrir espaço, para assinatura conjunta do vereador Airton Ferronato que teve projeto similar encerrado no fim da legislatura.
Projeto de autoria do Vereador Cassio Trogildo (PTB)
Inverdades
A aprovação em Plenário da lei que estabelece a presença de bombeiros civis.
A partir de sua aprovação Vem sofrendo, desde o dia de sua votação ocorrida no ultimo dia (04) uma série de versões inverídicas referentes a participação, tempo dispensado a causa prevencionista e méritos inexistentes a pessoas que nunca estiveram presentes em nenhuma reunião, audiência ou, mobilização junto a causa bombeiril no RS. Muitos inclusive, nunca foram Bombeiros Civis em lugar nenhum! No entanto, se aproveitam do momento para valorização de conquistas que nunca e jamais participaram.
Este tipo de atitude intelectualmente fraudulenta e descarada envergonha a classe prevencionista engajada no estado, causando desinteligência, desinformação entre a categoria, direciona e mostra definitivamente que os aproveitadores. 
Continuam a espreita na busca de méritos diante de lutas que nunca participaram. 
Vale ressaltar, que todas as movimentações referentes ao projeto de lei protocolado e aprovado, no último dia (04) estão disponíveis de forma oficial no site da câmara municipal de Porto Alegre. 
Algo que causa espanto, é que nenhum dos “pseudos" lutadores pela causa aparecem nem que seja de forma relâmpago em nem uma foto, matéria ou vídeo causando estranheza, diante de tanto amor e defesa pela profissão. 
Aos bombeiros civis do Rio Grande do Sul. 
Acompanhem, verifiquem e não se deixem enganar. Estes mesmos, são os mesmos que nunca estiveram a frente de nada, nunca realizaram nada! A não ser, se utilizar de forma econômica do nome BOMBEIRO CIVIL. Para benefício próprio. 
Consulte o Site Oficial da câmara municipal de Porto Alegre e tire suas duvidas de forma oficial 
Fonte: equipe de Jornalismo e comunicação social Febrabom.